Oh, fiz um Blog! Ou será 1º de abril?!

Primeira pergunta que vem em mente quando digo que penso em fazer um blog só pode ser: nem fala, vai escrever o que? Depois vem o quando? Acordo cedo para praticar esportes, fico até tarde na faculdade e para o horário que não sobra tenho livros para ler, muitos, amigos, meus bichos. E ainda, sempre rola, o sobre o que? E ai é ainda mais complexo, pois essa, nem nunca tive a intenção de determinar e sou adepta da liberdade.

Uma das ideias que me incentivaram a ultrapassar as barreiras de criar um blog foi uma frase que ouvi final do ano passado, de Voltaire: O ótimo é inimigo do bom. Pois não tem como não pensar em todas as redação cheias de correções e rabiscos em vermelho que já recebi no ensino fundamental, médio e cursinho. Ai lembro da minha incapacidade de acentuar todas as palavras que deveriam e os erros  que surgem com cansaço. Coisas que não irão melhorar se eu começar um blog em 2020.

Por muito tempo não acreditei na minha capacidade de escrever e por timidez de mostrar pensamentos evitava. E foram algumas aulas que me ajudaram a desenvolver e me desafiaram trabalhar diferentes ideias. Algumas pequenas conquistas me fizeram ficar mais a vontade com a escrita e gostar mais. Depois veio um grande vicio por livros, series, clássicos ou best-sellers, dos mais variados assuntos guerra, romance, sociedade.

Frequentemente acontecem coisas na vida que que me fazem afirmar que preciso escrever o livro, sempre tem muitas gente que concorde. Ainda assim, algumas historias me trazem a impressão que livros são feitos para fazer sucesso depois que o autor se vai. Sem contar a genialidade de “memorias póstumas”, com liberdade de falar sem vaidade. É preconceito bobo, sem base e sem noção, mas blog é quase um livro parcelado e sem obrigações com cronologia e articulação, mais fácil.

Não tenho metas, nem objetivo, nem frequência de postagem. É lazer, simplesmente para acrescentar e desenvolver, gostei de acompanhar outros blogs e aprender sobre trabalha-lo. O tempo tem sido um probleminha e o cansaço um agravante na correria do dia-a-dia os pensamentos não aceitam ordenação e o caos de sempre não se desenha no papel ou na tela.

Enfim, como uma grande adepta de deixar o vento levar, permito que o blog flua de acordo com a vontade. E as coisas que leio e vivo vão modelando o que penso e consequentemente o que escrevo. E por ai vai, alguns dias com cara de divã, outros nostalgia e até utopias.

Anúncios

4 comentários em “Oh, fiz um Blog! Ou será 1º de abril?!

  1. E então? E então. Acho que gostaria de ver o que você tem mais a escrever e dizer por vias tortas. Você (opinião minha, sujeita a correções vossas)…você, acredito, tem muito mais a dizer. Aliás, você tem um texto bom, límpido e conciso. O que é mais do que posso falar da maioria. Então. Escreva! Abraço.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s