Penso, logo colapso

Para os bons pensar pode ser simplesmente um indicativo de existir. Para mim não. Penso logo não durmo, penso logo não concentro, penso logo não estudo. E estudar não é pensar?! Geralmente não. No contexto que vivo, estudar é repetir vários exercícios com detalhes de diferenças. Não que esses detalhes não sejam suficientes para me induzir o erro. Mas é um trabalho mecânico, dá uma preguiça no começo! Se uma hora você pega o ritmo, ok, mais até isso acontecer, é um tédio!

Gosto do meu curso, não me imagino em outra área, apesar de também gostar de varias outras. Me interesso por problemas e soluções atuais, acho muitas inovações incríveis e tenho muita curiosidade sobre o que o futuro tecnológico nos reserva. Algumas aulas prendem minha atenção intensamente e um professor com domínio e vivencias mais ainda.

Adoro discussões, comparações, analises cuidadosas, teoria bem vista, mas a danada da repetição que é o caminho para agilidade não me anima em nada. Quando planejo estudar todos os meus outros interesses ficam a me provocar, a fome aparece, lembro de hidratar a pele, dar comida ao gato e nada de sentar para encarar a lista de exercícios.

Geralmente vivo o semestre com muita adrenalina, notas completamente insignificantes no inicio e com relativo desespero, stress e estudo de véspera no final do semestre cravo um 60 e sou aprovada, tudo lindo. Em alguns momentos isso dá errado e ai é o sofrimento de assistir todos aqueles conceitos que já sei mais uma vez porque não exercitei a contento.

Nem eu entendo o porquê disso, sou tão disciplinada para exercícios físicos, atualmente, nem sempre fui assim, e me dedico bastante para fazer trabalhos, falta um pouco de dedicação nesse quesito. Mas, ainda assim me justifico de certa forma, pois muita gente troca o conhecimento pela destreza matemática de resolver problemas e considero o principal o entendimento e a capacidade de analise.

Detesto tudo que tem relação com decorar, procuro o sentido e explicação de tudo. Gosto de ser convencida de cada fórmula, cada conduta padrão, preciso acreditar para seguir. Quando consigo ultrapassar essa inercia de começar a exercitar, raras vezes entro no embalo e completo listas inteiras. Mas é bem importante ter um professor que incentiva e torna o conteúdo interessante.

É uma dependência ruim de certa forma, precisar de boas aulas para se motivar estudar. Foi um hábito ruim que excelentes professores que encontrei durante a vida me fizeram desenvolver, fui mal acostumada. Mas em alguns momentos encontro ferramentas legais que podem auxiliar nessa motivação. Vídeo-aulas de bons professores é uma salvação em diversos momentos e cursos onlines com bastante informações e dinâmica são excelentes apoios acredito que para todas idades e áreas.

Está é a pior das minhas lutas, a necessidade de estudar e a falta de capacidade de adestrar os pensamentos para caminharem apenas pelo assunto pertinente de interesse. Vire e mexe ouço falar de alternativas ou estrategias, mesa assim e assado, luz de tal jeito, material sei lá como. Ainda não achei nada que se encaixe comigo, o dia que achar, tudo vai ficar mais fácil, só não pode perder a graça.

Só eu sei o esforço que foi algumas matérias que passei no limite salvando nas provas finais o semestre que parecia claramente perdido. Geralmente temos aquelas provas de matéria toda que substitui uma nota e muitas pessoas desistem só em pensar na necessidade de estudar o conteúdo todo do semestre em pouquíssimo tempo. É uma prova de resistência mental que geralmente acontece junto de muitas outras.

E sempre fui assim, aberta a conhecimento, preguiçosa para fazer exercícios. Explico a teoria todinha até de trás para frente, mas na hora de resolver exercício é cada erro bobo! E o fim de semestre é aquele pandemônio. E toda vez prometo estudar melhor no inicio e sempre acontece a mesma coisa.  Já faz até parte do plano enrolar para estudar no inicio e desmarcar a vida no final para compensar. Um dia formo e começo com problemas novos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s